Seu Smartphone foi Hackeado? Como verificar ataques e como se prevenir contra eles

Ninguém está a salvo de uma invasão no próprio celular. O seu smartphone pode ser hackeado sem que você saiba.

Mas, não se preocupe: temos várias dicas de como identificar uma invasão ao seu smartphone e principalmente sobre como se proteger e prevenir estes ataques.

Dados preocupantes

Em 2020, houve mais de 69.5 milhões de ataques de malware só no Brasil. O país também já é o quinto maior alvo global de ataques contra empresas. Estes números mostram que há uma grande fragilidade em termos de segurança digital no país.

Esta falta de segurança coloca em risco dispositivos pertencentes tanto a empresas quanto a usuários individuais/domésticos.

Independente de você ter uma empresa, ter muito destaque social ou ser uma pessoa anônima, segurança e prevenção nunca são demais – qualquer um pode ser alvo de um ataque de hackers.

Como saber se meu smartphone foi hackeado?

Muitos ataques são praticamente imperceptíveis, mas há sinais que você pode perceber e que te ajudam a identificar se seu dispositivo está infectado:

Pop-ups estranhas: se você visualiza janelas e pop-ups estranhas no seu celular, ele pode ter sido invadido;

Alto consumo de uso de dados: se os seus dados móveis acabam muito rápido com um consumo alto demais e incompatível com o seu uso, o seu smartphone pode ter sido comprometido;

Bateria com baixa duração: outro sinal de alerta é o consumo rápido da bateria do seu celular, diminuindo a durabilidade de uso dele;

Lentidão e travamentos: se o seu celular trava constantemente e fica mais lento que o normal, então este pode ser um sinal de invasão e comprometimento dele;

Aplicativos estranhos: se você percebe algum aplicativo estranho no seu celular, ele pode ter sido instalado por um hacker;

Mensagens e chamadas suspeitas: é sempre importante verificar se há chamadas estranhas no seu registro e mensagens de SMS suspeitas. Elas são um grande indício de atividades irregulares no seu celular;

Ausência de ligações e mensagens: o suspeito também é um sinal de alerta, já que a ausência de recebimento de mensagens e chamadas pode ser um sinal de que o criminoso clonou seu cartão SIM no seu provedor de serviços telefônicos;

Atividades incomuns nas mídias sociais: se há atividades incomuns nas suas contas de redes sociais (Instagram, Facebook, YouTube ou Twitter, por exemplo), então seu celular provavelmente foi invadido e alguém conseguiu acesso aos seus perfis através do seu smartphone.

Como evitar que meu smartphone seja hackeado?

Você pode tomar alguns cuidados e precauções para evitar que seu smartphone seja hackeado ou minimizar os danos e recuperar a integridade do aparelho caso ele já tenha sido invadido:

Exclua aplicativos desconhecidos: verifique os aplicativos instalados no seu aparelho e apague aqueles que forem desnecessários ou desconhecidos;

Execute programas anti-malware: tenha aplicativos anti-malware (como antivírus) confiáveis instalados no seu smartphone e execute verificações com frequência. Eles ajudam a identificar e excluir vários tipos de ameaças e vírus;

Reinicie seu telefone: reiniciar seu celular é um dos jeitos mais fáceis de se livrar de malware, já que muitos acessos são interrompidos quando o celular fica desligado ou reiniciado;

Retire o root do seu celular: se você estiver usando uma versão rooted do Android, desfaça o processo através do aplicativo Super SU;

Use uma boa VPN: contrate um bom serviço de VPN e tenha um aplicativo instalado no seu dispositivo (você pode conferir opções pagas de VPN e também pode baixar VPN grátis – mas tenha cuidado com as opções gratuitas, pois em geral são mais limitadas e menos confiáveis). Uma boa VPN ajuda a criptografar sua conexão e deixar seu dispositivo menos vulnerável;

Mude suas senhas: mude as senhas das suas redes sociais e demais acessos do seu aparelho para garantir mais sua segurança e jamais compartilhe suas senhas com terceiros;

Informe seus contatos: caso suspeite de alguma atividade estranha, avise seus contatos. Afinal, muitos criminosos se passam por você, com os  seus dados roubados, para aplicar golpes (principalmente através de e-mails, SMS e mensagens em aplicativos como WhatsApp);

Entre em contato com sua operadora: se você desconfiar de alguma irregularidade, como a clonagem do seu número, entre em contato com sua operadora telefônica para verificar a situação;

Outra dica importantíssima é jamais clicar em links desconhecidos (que podem ser usados para golpes de phishing) nem baixar nada estranho no seu celular.

Códigos importantes e úteis

Confira uma lista com códigos úteis que você pode discar para saber mais sobre as atividades do seu número e do seu celular:

*#06# Mostra seu número de IMEI (o código de identidade do seu dispositivo), o que pode te ajudar a registrar ocorrências junto às autoridades caso você seja vítima de algum crime, além de te ajudar no atendimento com sua operadora de telefonia.

*#61# – Mostra se alguém recebe suas chamadas redirecionando-as para outro número, o que indicaria comprometimento do seu aparelho.

##61#. Uma “extensão” do código anterior. Caso haja redirecionamentos estranhos das chamadas, digite este código para desfazer qualquer configuração do seu aparelho que tenha permitido este nível de acesso.

*#67# – usado para informar sobre mensagens e chamadas para outros números enquanto você estiver em outra linha, o que te permite ver se alguém está te ligando. Se for algum número desconhecido e não o seu, use o código ##67#.

*#62# – ajuda a verificar quem recebe as suas mensagens de texto e as suas chamadas quando seu aparelho está desconectado ou desligado. Na maioria dos casos, o número que recebe chamadas quando o seu aparelho está inativo é o do correio eletrônico, mas você pode desabilitar a intromissão de terceiros digitando o código ##62#.

Agora que você já sabe melhor como identificar alterações no seu aparelho e se proteger contra invasões, priorize sua segurança e o sigilo das suas informações e os riscos vão diminuir significativamente.

William é técnico em informática e responsável pelo blog Paiol Hosting

Fredson Santana

Fredson Santana

Mim chamo Fredson Santana, sou fascinado por tecnologia e amo trazer novidades do mundo dos smartphones e computadores, aqui no site. Também sou YouTuber, sendo que gravo vídeos semanalmente para meu Canal FVCLine.

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Os comentários estão fechados.

Outros artigos