Como Escolher um Smartphone Bom e Barato: o que levar em consideração?

Como Escolher um Smartphone Bom e Barato: o que levar em consideração?

Não são todas as pessoas que precisam de celulares avançadíssimos, um smartphone bom e barato satisfaz as necessidades de muitos consumidores.

A fim de ajudar nessa busca por aparelhos bons e baratos, este artigo traz dicas importantes de configurações a serem consideradas na hora da compra.

Como escolher um smartphone?

Quando for escolher seu telefone fique de olho na ficha técnica do aparelho. Muitas vezes aparelhos com configurações similares possuem preços bem diferentes, por isso faça a comparação entre eles.

Além disso, é importante analisar as especificações para que o usuário se certifique que não está pagando por configurações desnecessárias para o seu perfil de usuário.

Escolher um smartphone bom e barato não é tarefa tão complicada assim. O usuário só necessita entender suas próprias necessidades e adaptá-las aos bons modelos que existem no mercado.

Configuração ideal para um smartphone bom e barato

Logo abaixo, selecionamos os pontos mais importantes, que você deverá levar em consideração, antes de comprar um celular. Confira!

Tela

Para algumas pessoas, o tamanho da tela é algo importante. Se esse é seu caso, fique atento a alguns detalhes.

As telas maiores são incríveis para aquelas pessoas que adoram assistir filmes e séries, ou ainda gostam de ler livros em formato e-book.

Existem as telas OLED, que são usadas em celulares premium e as telas em IPS LCD, que geralmente são usadas em smartphones básicos e intermediários. Os dois grupo de tela entrega boa experiência para o usuário.

No caso de smartphones mais baratos, o usuário pode optar por telas em HD ou HD+ pois entragam boa experiência e os aparelhos são mais acessíveis.

No mercado, existem modelos com telões e de boa qualidade e que são baratos, como exemplo o Smartphone Galaxy A02 que entrega telão de 6.5″ em HD+, resolução 1600×720 pixels.

Processador

O processador é quem comanda o smartphone. Quanto mais rápido ele for, mais rápido o telefone vai rodar os aplicativos sem ocorrer aqueles terríveis travamentos.

Se o usuário tiver o costume de usar aplicativos mais pesados é necessário ter um processador mais rápido.

Para aqueles que desejam apenas para acessar a internet, para utilizar as redes sociais e e-mails, também tirar fotos, não será necessário um super processador. Um processador com quatro núcleos já é suficiente.

Memória RAM

Um aparelho bom para desempenhar as atividades básicas do dia a dia, deve possuir no mínimo de 2 GB de RAM. A memória RAM auxilia no processamento das informações. Mesmo que o processador não seja um dos mais potentes, ela já dá um grande auxílio.

No mercado, é possível encontrar smartphones baratos de 2gb ou até 3gb de memória RAM por menos de R$1000.

Câmera

Muitas pessoas acham que pra ter um bom telefone para fotos, ele necessita ser muito caro, mas isso não é verdade.

Nem todos os telefones com boa qualidade de imagem são caros. Por exemplo, uma câmera traseira com 13 MP consegue fazer fotos bem legais.

Existem dezenas de modelos de smartphones bons e baratos, mas que entregam ótimos resultados em suas câmeras.

Armazenamento 

O armazenamento do celular é a memória responsável por guardar todos os seus arquivos: vídeos, fotos, documentos, jogos e tudo mais. Conforme ela vai ficando cheia, o celular começa a ficar cada vez mais lento e até travar.

Para aqueles que gostam de tirar fotos, vídeos e baixar aplicativos, o ideal é que a memória seja de pelo menos 32GB.

Além disso, a maioria dos aparelhos Android possue slot para cartão de memória capaz de aumentar essa capacidade.

Mas é importante saber que transferidos para o cartão, geralmente, só podem ser os arquivos pessoais, os aplicativos continuam na memória do celular.

Lembrando também que os aparelhos da Apple não possuem espaço para cartão.

Bateria

Um celular precisa ter uma bateria compatível com suas funcionalidades para que não seja necessário carregá-lo a todo momento. Além disso, boas práticas auxiliam na duração da mesma. Um celular com bateria de 3000 mAh, ou mais, é suficiente para que ele funcione por um dia.

No mercado, encontramos até modelos de celulares com bateria de 5.000 mAh por menos de Mil reais, como é o caso do Xiaomi Redmi 9a e o aparelho da Samsung, o Galaxy a02. Esses aparelhos são capazes de passar o dia inteiro carregados.

Conclusão:

Como percebemos, para comprar um celular bom e barato devemos nos atentar para aquilo que mais nos interessa. Se a preferência é uma tela maior ou mesmo a bateria mais potente. Faca a escolha baseado nas suas necessidades.

Assim, a escolha será mais sábia e valerá a pena cada centavo pago por um celular mesmo que barato.

Para te ajudar na escolha, também preparamos uma lista com alguns modelos de Celulares baratos que valem a pena.

Fredson Santana

Fredson Santana

Deixe o seu comentário

Outros artigos