Pular para o conteúdo

Certificado de segurança SSL: o que é e para que serve?

Com o crescimento do e-commerce e o aumento na criação de sites no mundo todo, temas como certificado SSL, domínio, hospedagem de sites, e diversos outros se tornaram mais populares na web.

Ao contrário do que muitos imaginam, para desenvolvimento de um site é preciso muito mais do que conteúdo e domínio, mas requer um investimento em ferramentas de segurança e toda uma estrutura que garante maior privacidade aos usuários, como é o caso do certificado de segurança SSL.

Hoje em dia, com a quantidade expressiva de crimes cibernéticos e vazamento de dados, garantir uma boa experiência ao usuário e preservar sua privacidade é imprescindível para qualquer serviço na web.

Mas afinal, você sabe exatamente para o que serve o certificado SSL e qual a sua importância? Para você entender mais, separamos algumas informações relevantes sobre o tema e de que forma ele impacta na sua experiência na web.

O que é certificado de segurança SSL?

O Secure Socket Layer (SSL) em tradução livre significa “camada de soquete seguro”, ou seja, é um protocolo que permite a transação de dados juntamente ao http. 

Mas afinal, o que isso significa? Com o certificado SSL, há a criptografia das informações fornecidas aos servidores nos quais o usuário navega, por meio da tecnologia Secure Socket Layer (SSL).

Tudo isso reforça a segurança dos dados dos usuários que navegam pelo site, principalmente em e-commerce onde há pagamento online e fornecimento de dados mais sigilosos, como número de cartão de crédito, CPF, endereço, dentre outros dados.

Apesar de ser uma ferramenta muito falada atualmente, o certificado SSL teve sua origem no ano de 1994, desenvolvido pela Netscape. Na época, a empresa buscava criar um canal mais seguro de comunicação entre computadores, porém, preservando os dados inacessíveis a pessoas não autorizadas.

Sendo assim, é por meio da criptografia que o certificado de segurança digital é capaz de codificar os dados originados de um navegador específico e um servidor específico no qual as informações estão sendo acessadas. E isso cria uma “chave criptográfica” que permite a troca de dados sem que haja invasão de terceiros.

Ao contrário do que muitos possam imaginar, o funcionamento do SSL é muito simples. De forma sintetizada, os algoritmos funcionam com base em duas chaves assimétricas, conhecidas como chave pública e chave privada.

A chave pública é usada para codificar uma imagem ou arquivo e autenticar uma operação gerada com uma chave privada correspondente, ou seja, a chave privada decodifica mensagens e arquivos que são cifrados pela chave pública correspondente. 

Dessa forma, é validado a autenticidade de quem originou a operação.

Para que serve o certificado SSL
Fonte de imagem: Pixabay

Para que serve o certificado SSL?

O certificado SSL serve basicamente para proporcionar maior segurança de dados nas comunicações que acontecem na web. Ou seja, serve para preservar informações sigilosas e dados financeiros dos usuários e garantir com que o e-commerce funcione sem problemas e invasões de terceiros.

Esse certificado é muito recomendado para sites que vendem produtos ou serviços online, internet banking e demais sites que utilizam informações pessoais e possuem grande fluxo de dados privados dos usuários.

Para preservar a segurança do usuário, o certificado de segurança SSL atua em duas etapas: com a confirmação da veracidade e autenticidade da organização operadora da página e a criptografia das mensagens enviadas e recebidas na web.  

Porém, mais do que garantir a segurança e melhorar a experiência dos usuários, o SSL serve também como elemento fundamental na melhora da funcionalidade, para transmitir confiança aos clientes e público em geral.

Tudo isso também serve para pessoas que buscam melhor ranqueamento em buscadores como o Google, pois o certificado SSL, embora não seja essa sua função, também colabora para conquistar melhores resultados.

A importância do certificado de segurança SSL

Embora o aceleramento da transformação digital tenha modificado os hábitos de consumo e ampliado o comércio digital, muitas pessoas ainda possuem receios em realizar compras online, principalmente as gerações mais antigas que não cresceram em contato com a internet.

Além disso, com a grande quantidade de crimes cibernéticos, muitas pessoas têm medo de ter seus dados violados e evitam fornecer informações e dados bancários na web. 

Tudo isso já é um grande obstáculo para quem possui um e-commerce ou qualquer negócio digital que requer pagamento online.

Contudo, o certificado SSL é a principal forma de preservar os dados dos usuários que consomem no seu site, o que além de evitar fraudes e inúmeros problemas futuros, também é um grande diferencial para quem visita o site e se certifica de que há o símbolo do SSL.

Portanto, garantir o certificado do site também é muito importante para legitimar o e-commerce e gerar credibilidade. 

Desde 2018, todos os endereços de web que não possuem o certificado de segurança SSL são classificados pelo navegador do Google como sites não seguros, o que influencia diretamente na impressão do usuário e na conversão em vendas.

Quer vender mais e garantir a proteção dos dados dos seus clientes? Então instale um certificado SSL agora mesmo no seu site! Você pode adquirir o SSL através deste link: https://www.hostinger.com.br/certificado-ssl

Tipos de certificado SSL
Fonte de imagem: Pixabay

Tipos de certificado SSL

Existem três tipos de certificados de segurança SSL, cada um com suas especificidades e que atendem demandas diferentes. Vamos conhecê-los? 

Organization validation

Esse tipo de certificado SSL possui uma validação da empresa, do domínio e do responsável pelo site, em uma perspectiva da organização inteira. 

Dessa forma, ele é muito utilizado para grandes empresas, e-commerces e lojas virtuais que possuem um fluxo e demanda maior de segurança aos usuários.

Domains validation 

Esse é um dos mais utilizados e populares, pois atende empresas com sites de poucas páginas, com pouco fluxo de conteúdos e visitas. No domains validation, o objetivo é mostrar o nível de segurança do domínio em questão, o que torna a experiência do usuário mais tranquila e com maior segurança para continuar.

Como esse tipo de certificado SSL se limita apenas ao domínio do site, o seu preço possui um baixo custo em relação aos demais.

Extended validation

Esse é o tipo mais abrangente e completo dos certificados SSL, pois engloba todas as suas funcionalidades. 

No extended validation, o preço pode ser maior que os demais, porém, garante uma segurança superior e inclui a validação de maiores informações.       

Como identificar se o site possui SSL

Por meio do avanço do Google nas normativas impostas no ano de 2018, ao acessar seu principal navegador Google Chrome, é possível agora visualizar o símbolo do cadeado fechado juntamente ao link da página em questão, para sites seguros que possuem certificado SSL.

Em casos de sites que não possuem o certificado de segurança SSL e que oferecem riscos para troca de dados e navegação, é mostrado uma mensagem de aviso e o símbolo de cadeado aberto que deve ser analisado pelo usuário.

Conclusão

Proteger os dados e informações financeiras deve ser a prioridade de todos os usuários da web no mundo atual, pois cada vez mais os crimes cibernéticos ganham maiores proporções na internet e se tornam ainda mais eficazes.

Aos empreendedores digitais, é imprescindível investir em ferramentas como o certificado SSL, que garante maior segurança para os clientes e usuários do site.

A quantidade de pessoas que se sentem mais confortáveis em navegar e consumir em sites que possuem essa ferramenta é expressiva, o que a torna mais do que uma proteção, mas também uma estratégia nos negócios.

Ter este elemento no seu site irá impactar na confiança dos usuários e possíveis clientes, no ranqueamento do domínio e, principalmente, na credibilidade do seu negócio.